• 18/10/2018

    Cirurgias plásticas indicadas para o pós-emagrecimento

    Após uma perda significante de peso, que pode ser causada por dietas ou pela realização da cirurgia bariátrica, é normal que haja um grande excesso de pele em algumas áreas do corpo. Quanto maior for a perda, mais provável que os efeitos sejam bastante visíveis.

    A boa notícia é que existem cirurgias plásticas pós-emagrecimento que auxiliam no contorno corporal através de múltiplas etapas de tratamento. Cada paciente tem suas peculiaridades e cada caso deve ser analisado individualmente.

    As principais áreas do corpo afetadas pelo emagrecimento são abdômen, seios, braços e nádegas, onde a sobra de pele é mais comum. Para auxiliar nessa questão estética, procedimentos como abdominoplastia, lifting de braços e coxas e mamoplastia são os mais indicados para a recuperação das áreas. Entenda como cada uma delas funciona:

    Abdominoplastia: procedimento que elimina gordura, flacidez e excesso de pele da área abdominal, restabelecendo o contorno da região garantindo uma aparência firme. A cicatriz, que fica abaixo da linha do biquíni, tende a não ser visível.

    Lifting de braços e coxas: essa cirurgia visa remodelar a parte posterior de braços e a região interna das coxas, que são bastante afetadas pela perda de peso. A palavra “lifting” vem do verbo levantar em inglês e propõe exatamente isso, colocar a pele de volta ao lugar de origem. 

    Mamoplastia: é a cirurgia que transforma e modifica o formato das mamas para torná-lo mais harmonioso e proporcional. Nesses casos, a mamoplastia pode ser de aumento (onde se associa uma prótese de mama), redutora ou mastopexia (na qual se faz um reposicionamento da mama).